quinta-feira, maio 04, 2006

Assim é viver em NYC!

Pois é, naquela quinta feira quando o amigo Alberto me disse que ia vender vinhos para os Estados Unidos não imaginava o que me esperava! Mais ainda quando vi que algumas pessoas estavam um bocadinho incomodadas pelo facto de eu, como suplente, ter sido enviada para Nova Iorque e eles, como não suplentes, irem até Madrid!

Depois de ter lido a tanta barafunda que se gerou à volta do post do Bruno, achei que devia escrever um bocadinho da experiência so far…

Não foram vocês que gastaram 1000€ em hotel, se assim se pode chamar a espelunca onde estive hospedada na primeira semana, onde em metade do prédio funcionava uma rede de ajuda a mães solteiras cheias de filhos, de cor negra que falavam todas as línguas menos o inglês, nem foram vocês que gastaram $600 em comida e transportes nas duas primeiras semanas.

Não foram vocês que andaram à procura de casa no meio do Harlém e tiveram de lá fugir porque eram o único branco a passear e estavam todos a olhar para vocês com ar ameaçador.

Não foi a vocês que disseram que para poder alugar um apartamento teria de pagar $15.000 de renda adiantada e que por menos de um ano nem pensar, repetidas vezes.

Não foram vocês que se tiveram de hospedar numa casa de um português que conhecia há dois dias porque não tinha mais lado nenhum para onde ir.

Não foram vocês que apanharam ratos e mataram baratas dentro de casa. Nem ouviram os vizinhos a atirar o lixo da janela, porque os contentores se encontravam num pátio interior, para o qual todas as janelas da casa tinham vista.

Não foram vocês que abriram a porta de casa uma noite, e encontraram a NYPD, polícia nova iorquina, com cães, machados e metralhadoras em punho, protegidos com coletes e escudos. Quando lhes perguntei se se passava alguma coisa responderam que andavam à procura de alguém e que me devia trancar em casa. E só ao levar o lixo à rua é que me deparei com um helicóptero no telhado e a rua pejada de polícias de arma em punho em cada esquina.

Não foi a vossa empresa que mudou de escritórios, interessantemente para mais perto de Nova Iorque mas para a qual demoro em média 2 horas a chegar, quando antes demorava metade do tempo, tendo de apanhar 1 metro, 2 comboios e ainda 1 autocarro, pelo qual espero meia hora, já que nesta terra não há transportes compatíveis.

E não adianta pensarem que podia ficar perto da empresa, ela só está situada num dos locais mais caros de Long Island, para terem uma noção uma sanduíche aqui custa em média $8.

Não são vocês que actualmente vivem numa casa que dia 1 de Junho vai ser demolida, para construir um condomínio de luxo e neste momento se encontra novamente à procura de casa, pois não tem para onde ir depois do fim do mês.

Não são vocês que têm de gastar mais de metade da vossa bolsa em casa e transportes, já para não falar na comida para onde vai um outro quarto, no mínimo. Vejam o que me resta no fim do mês!

Queria ver se neste momento ainda estavam com ciúmes por não terem vindo para Nova
Iorque!

Mas é como o outro disse se sobreviveres a isto, sobrevives a tudo!

Até breve,

Carolina

36 Comments:

Blogger João…zinho!! said...

Carolina, nao tinhamos noticias tuas ha muito tempo... Espero que encontres casa dentro em breve e que seja melhorzinha...
Um abraco da costa oeste. E força!!!

17:54  
Blogger Osvaldo said...

Quem me dera estar na Big Apple... Bem, só em turismo pois já vi que viver e trabalhar é muito fácil.
Cumprimentos do hemisfério sul.

18:26  
Blogger Monica said...

Bem Carolina só te posso dizer que, nao sei se por ser mais velha que tu e já nao ter paciencia para certas coisas, nao tinha aguentado.
Comunicava a quem de direito: eu nao consigo sobreviver, com o que considerro o minimo de dignidade humana, com esta bolsa. Ou tomam medidas ou vou embora.

Há quem tenha abandonado muito em Portugal para entrar no contacto e nao é por haver muitos candidatos que temos que nos sujeitar a certas coisas.

Já tinha comentado com o Nuno que achava a história dos ratos, isso mesmo, uma história. Quando me confirmou que era verdade fiquei chocadissima e fiz questao de dar o endereço do blog dele a quem me lembrei, para que comprovassem a vossa situaçao.

Nos primeiros dias que cheguei a Buenos Aires e nao havia hotel em lado nenhum por nenhum preço, tive que me sujeitar a dormir num hotel que ninguem imagina. Mas aí a culpa foi minha porque acahava que arranjava apartamento rapidamente e nao soube reservar o hotel atempadamente. No vosso caso, parece-me simplesmente ridiculo o que tenham que passar.

Daqui de tao longe só vos posso dizer que estou do vosso lado, compreendo-vos e força aí!
Bjs

18:40  
Blogger Raul said...

força miúda... felizmente as cenas nestes mini EUA que é o UK não foram tão drásticas mas algumas das coisas que falas são tão parecidas que até mete impressão... é vergonhoso, mas acho que isso já toda a gente viu... eu sei que estas palavras são só isso, mas de qualquer modo aqui fica (mais) um apoio.

beijos

19:15  
Blogger Nelson said...

Es uma rapariga com grande forca! Muito mais do que imaginas! E nao te vais mostrar derrotada, porque o pior ja passou. so espero que mostres a quem de direito a situacao em que vos puseram... qualquer coisa que precises, estou do vosso lado!

quanto a outros... sempre podem enviar umas mariscadas por correio para a Carolina e para o Nuno! Ou se pensam que Nova York e' um espectaculo.. pois... venham para ca... deve ser a pior cidade do mundo para se viver (nao estando a ganhar os famosos dolares americanos..)!
Digo isto sinceramente, nao estou a ser cinico nem hipocrita.

19:42  
Blogger Raquel Vitório said...

Vejamos uma coisa, aki ninguém é masokista (acho eu.. eh,eh) e qdo as coisas chegam a determinado ponto, há k dizer um basta! Se as coisas s assim tão más, o k eu acredito piamente, está no bazar! N fikem aí mais tempo! Eu nunca na minha vida estaria 2 horas e tal p chegar ao emprego qdo ele é pior do k remunerado, só se houvesse mto gajo coca-cola por lá, looool.

Agora, há outro aspecto: os k comem lagosta e passam a vida a passear, sp em viagens, n têm a culpa de estarem a ganhar mais k o povo do Norte (epah, juro nunca ter imaginado vir a dizer isto, eu sou do nuorte, lava a boca já! lool). A vida é mmo assim: injusta! E há k aguentar e n fazer dos outros bodes espiatórios, ok, malta? Sen estou a ver k isto ainda vai azedar...

Eu tb n estou por aí além e vejo k há outros bem melhor, mas pronto! K se divirtam os outros a viajar, k é coisa k eu n posso kuase fazer, mas k qdo esta merda acabar, ai, aaaaaai, kem é k me vai agarrar? E pensar positivo, pq p kem esteja de fora até parece k isto é tudo uma cambada de ressabiados, e isso n é verdade, n é meu povo?!

(eu tb tinha umas hists de cariz surrealista, n estivesse eu em terras de dali e quejandos...)

Bjs a todos, e divirtam-se, pleaaaase

20:21  
Blogger Miguel Trindade said...

Carolina: Ainda bem que não fomos nós!!! Prefiro ficar-me pelo marisco!!!
Agora a sério:estou solidário ctg!!! Espero que as coisas se componham e que tenhas uma optima esperiência!!! Qualquer coisa apita!!!

20:23  
Blogger João…zinho!! said...

Raquel, como foi ja dito noutro post, ninguem esta "ressabiado" com o pessoal da lagosta... Ou das viagens! Ou seja do que for... Mas sim com o ICEP!! Creio que e' pertinente perguntar em que raio estavam eles a pensar quando fizeram os calculos para as bolsas dos diferentes paises! Como alguem disse (acho que foi o Nuno... Ou o Bruno) as contas nao sao assim tao dificeis...
Mas - e tal como tu disseste - vamos fazer os possiveis para nos divertirmos... Acredita! ;)
Abraco,

21:45  
Blogger Paulo Abreu said...

Carolina, eu estou solidário contigo! Mas acho que tudo acontece por uma razão e essas dificuldades, como todas as outras que os contactos estão a passar fazem parte da experiência... a isso chama-se aprender a desenrascar-se! E nisso, os portugueses são óptimos!
Aqui em San Francisco, não me posso queixar, a experiência está a ser fantástica! Mas se tivesse de passar fome, dormir no meio dos ratos e ser perseguido pela polícia, assim o faria porque quando entrei para o Contacto, entrei com o espírito de venha o que vier: estou pronto! Li alguns comentários com os quais discordo totalmente! Não desistas! Não digas basta! Luta e aguenta dentro dos teus próprios limites e quem sabe, consegues supreender-te a ti própria... Se quiseres fazer férias na outra costa para recuperar energia, tens onde ficar! Força!

Paulo

PS: não sinto falta nenhuma de mariscos!

22:12  
Blogger Berbesi said...

Olha procura retirar tudo de melhor dessa experiência.
A culpa é do ICEP se fosse por nós estavas melhor, e como é obvio não foram só rosas para todos, o que temos de fazer é erguer a cabeça e tentar ultrapassar tudo.
Muita força

22:43  
Blogger Raul said...

ò Paulo, com o devido respeito, mas sinceramente... pá, essa do "venha o que vier" é um bocado drástica não achas? epá, tudo bem, respeito a tua filosofia de vida no que concerne a que devemos estar preparados para tudo, mas meu caro, "preparados para tudo" não deveria significar passar por condições quase sub-humanas! como já aqui disse num post\comment, não me candidatei para ganhar dinheiro com isto, mas sim para viver uma experiência de trabalho que me permitisse adquirir ferramentas que me apetrechassem para UM futuro. há quem tenha vindo com o meu objectivo, há quem tenha vindo só para o turismo, pá, há quem tenha tido os seus próprios motivos diferentes destes, mas acho que nenhum dos restantes 157 c's(descontando-te a ti pelo que disseste) veio para este programa para viver uma vida PIOR do que viveria se tivesse ficado em portugal, no seu emprego ou à procura de um... pá, se eu quisesse ter uma experiência como a que a Carolina e os restantes NY C's estão a ter, tinha ido fazer voluntariado para a bósnia, ou para outra região pobre, degradada e onde corresse um perigo real de vida... mas isso se calhar sou eu, que sou um gajo estúpido! abraço

22:48  
Blogger GONDA said...

epá!
vocês obrigam-me a por aqui
a letra de uma musica do tom zé
que nesta noite (03/05/2006) está a dar um concerto em lisboa!!!

"
ó português
para diuma vez
di si queixar assim
da sua sorte ruim
"

se formos ver SÓ os pontos negativos, qualquer experiencia é uma merda!!!
toca é a divertir, e apreciar todas as coisas, mesmo que muito pequeninas!!!

Nova yorque??

basta andar na rua, ou estar na times square, e parece que estamos no ceu!!!APROVEITA!!!ISTO É UMA ORDEM!!!!

bigodes...

23:11  
Blogger Menino do Rio said...

Carol, fiquei estupefacto com teu testemunho!
O Contacto não é justo e eu sei que estou a falar de barriga mais que cheia a rebentar pelas costuras.
Sinceramente não sei que faria na tua situação.
Mas só posso dizer, que seja para continuar o teu estágio ou não (nem sei se estás a pensar nisso)é nosso dever e obrigação voltar para casa a pensar e dizer: FIZ O IMPOSSÍVEL!
Beijos e força aí!

06:03  
Blogger Houdinni said...

Olá Carolina!
Por acaso não fui um dos que te invejei, porque a tinha feito as minhas contas e sabia que NY está entre as cidades mais caras do mundo.
E estando plenamente de acordo com com a filosofia do aproveitar o possivel, divertir, dar a volta por cima, etc... o limiar de pobreza começa salvo erro quando se ganha menos de 70% do ordenado médio (ou serão 60%?). Caso em que tu provovavelmente em NY estarás incluida.
Ora ninguém deve ser colocado neste situação, num programa que tem o cunho do Estado, e que supostamente era para a "nata da nata".
Assim sendo, fico curioso... Ja expuseste o caso ao teu gestor? E que te respondeu?
Se calhar sou eu que sou mauzinho e não papo grupos, mas da mesma forma que eles souberam chamar a Visão para fazer a entrevista à Guida e jaá não sei quem, tb se poderia chama-la no final para relatar o podre que é o Estado Português enviar representantes seus para o estrangeiro em níveis abaixo da indignidade humana (ou a TVI... chamavam-lhe um figo quase tão bom como uma velhinha a chorar...)
Se calhar com um bocadinho de pressão, consegue-se o que se devia ter desde o início...
Não papes grupos!
Um beijo desde este lado do altlântico, com um pensamento de apoio, e se houver algo em que possa ajudar..

08:34  
Blogger Tiago Carneiro said...

Ola Carolina,

Olha que nessa noite, mesmo não querendo eu vir para os países nórdicos again, não te invejei nada. Já tinha estado várias vezes em NYC, em férias e a trabalhar, e sabia bem o preço das casas e como funcionavam as coisas. Na altura pensei mesmo: como é que a rapariga vai lá sobreviver com 2000 euros.

Para veres qdo um tuga vai pa NYC fazer um doutoramento a bolsa é de 1800 euros e os labs de lá complementam a bolsa com mais 700 a 1000 euros por mes para se poder viver. E mesmo assim não se é rico.

Sinceramente, eu no teu lugar já tinha mandado um mail ao ICEP. O que é demais é exagero. Mas com uma experiencia dessas aprende-se a ser mais forte. Tentar ver sempre as coisas pelo lado positivo!

13:23  
Blogger Virginia said...

Buenas! Pois cá está uma Madrileña a rsp aos ataques q se fizeram à boa gente q habita por estas terras. Deve ter sido plas fotos em Valência q o alvo mudou. ;-) Ah e caso n saibam fomos a Barcelona tb. :-P Calma! Tou a ironizar! Nao me atirem os caes sff. Paz e amor é q se quer à comunidade contacteante! :-D
Pois posso confirmar q o ppl q está em Espanha (plo menos o q eu conheço) está bem financeiramente. Vamos passear pois claro q vamos mas nao fazemos altos voos. Tenho acompanhado mais ou menos regularmente a vossa situaçao em NY plos blogs e MSN e claro q é preocupante. Mas agora desistir? Onde está o espírito contacto? O único país onde eu nao queria calhar era mmo os EUA. Eu nunca pensei vir parar a Espanha mas d facto cá estou e n tive inveja de ng por isso, podia ser pior ou melhor nao sei nem quero saber... Mas o q eu queria mmo c isto era o choque de culturas e de civilizaçoes q ainda n tinha tido. Claro q aqui em Madrid isso qs q nao s sente. Mas s tivesse calhado na China p.ex embora ficasse apreensiva claro tenho a certeza q a experiencia seria mto mais rica. Carolina podes ter a certeza q com essa expª vais sair daí com mto mais coisas pa contar do q eu por exemplo. Fala c o teu gestor e com o ICEP mas vir embora é q nao! Isso é esquecer o objectivo do contacto! Arranja contactos, fala com o gajo dos óculos Armani! Apela ao tuga power! Cada situação que apanhamos à nossa frente só serve para que aprendamos com ela.
Eu sei q falar é fácil especialmente qdo estamos de fora e n temos esses problemas mas se os tivesse era assim q os encararia. O q eu quero mmo é dar-vos força e apoio para q nao peguem o próximo aviao para Portugal como alguns sugeriaram.
Besos para todos e Força aí!!!
Hasta pronto!

13:30  
Blogger Osvaldo said...

Atenção, atenção é favor virar as baterias prá China, essa malta anda muito calada e de certeza que lá se vive à grande e à francesa (em frança também não se deve estar nada mal).
Cumprimentos desde os África

14:39  
Blogger Virginia said...

LOLOLOLOLOLOLOLOLOLOLOLOLOLOLOLOLOL
e nao se esqueçam dos australianos!!!!! Das australianas neste caso!!! :p
Quero sangue!!!!!
LOLOLOLOL

15:20  
Blogger Piki said...

Estive a tentar-me conter durante algum tempo...mas não consigo mais!
Osvaldo, sei que sobre a vida dos contactos em França foi uma piada, mas funcionou como gota de agua...

Em primeiro lugar tenho a dizer que, se é verdade que as bolsas para alguns paises sao comparativamente baixas e para outros sao comparitaviamente muito elevadas, tambem é verdade que se nao fosse o ICEP estariamos todos (ou pelo menos a maioria) em Portugal!

Em segundo, todos nos temos problemas quando chegamos ao pais, claro que tu Carolina parece-me que tiveste mais do que o normal, mas também eu (que não sou, de certeza, a pessoa mais desenrascada que conheço) tive policia de choque à porta de casa, tive de mentir sobre o meu ordenado e sobre o periodo que ia ficar em França, ja gastei as minhas poupanças e o premio que tinha recebido da empresa anterior...Sei que a Julie também nao teve um começo nada facil.

Mas na realidade tudo faz parte da experiencia interancional, motivo pela qual quase todos nòs nos inscrevemos neste programa, por este motivo o unico conselho que te posso dar é relaxar e tentar aproveitar o que uma das melhores cidades do mundo te tem para oferecer (passear no Central Park é de graça! :))

Beijos grandes para todos,
Divirtam-se

16:34  
Blogger Miguel Cunha said...

meus caros...
nem 8 nem 80!

n vou discutir o obvio, agora...
façam aquilo que acharem que é melhor para voces, independentemente de isso significar sair do contacto ou nao! a decisao é vossa. se vao pra melhor ou pior... ai esta o risco...assumam no!
a esta altura do campeonato ja todos nos apercebemos que o mar de rosas pintado nao e bem assim...
pro bem e pro mal... ha sempre 2 opcoes.. cabe a cada um de nos escolher 1!

se estao bem fiquem, se nao estao e conseguem melhor, mudem se! in the end... o k conta e' estar bem !

nem vamos reclamar tudo, nem vamos deixar passar tudo.. e uma questao de bom senso!!

hajam de acordo com os vossos interesses e objectivos pessoais!

beijinhos e abraços!

19:24  
Blogger Paulo Abreu said...

Raúl, não vou transformar isto num debate, até porque não me parece haver assunto a debater...
Os comentários colocados depois do teu estão alinhados com a minha forma de pensar. E não me parece correcto da tua parte estar a falar em nome dos 157 contactos. Podem haver 157 razões diferentes para estarmos neste programa. Agora o que te digo, é que os valores das bolsas eram conhecidos à partida e o nível de vida de cada país também é conhecido para quem quiser investigar. Os destinos não eram, mas qq um de nós sabia que nos podia calhar um país com elevado nível de vida ou o contrário. Não me parece que a Carolina ou qualquer outro esteja no limiar da pobreza. Mas deixo mais uma dica: recorram ao apoio das nossas comunidades de emgrantes. Nós já o fizemos em San José e posso-vos dizer que é gente do melhor que há! Em Londres também há e se precisares de contactos, eu tenho lá família. Garanto-te uma boa refeição! Infelizmente em Nova Iorque não tenho, mas quem sabe se a Carolina um dia não proporciona isso a um Contacto 20...
Quanto ao ser drástico, não estarás a trocar as nossa personalidades? Fica um abração para ti!

20:27  
Blogger Luís de Faria said...

Estando verdadeiramente estupefacto com alguns dos comentários aqui colocados, não posso deixar de intervir neste forum com o objectivo de vos ajudar a descer novamente à terra:
1 - Estamos no INOV Contacto de livre e espontânea vontade.
2 - NYC/Manhattan é o centro do mundo. Quem lá está deveria agradecer todos os dias a oportunidade única que teve.
3 - Falando com conhecimento de causa (pois já lá estive 2 semanas), €2000 (segundo o google $2525) é mais do que suficiente para viver em NYC.
4 - Comparação com o people da Cisco: em San Fran pagas €900/mês, e fazes uma deslocação diária para a empresa de 50 miles (segundo o google 80Km) em cada sentido (portanto 160Km no total) que não só tem um custo financeiro, mas também um custo em termos de horas perdidas em viagem.
5 - Aproveitem bem a oportunidade única que tiveram e deixem-se de comparações com os outros. Todos terão os seus aspectos positivos e negativos. Retirem sempre o máximo desta experiência.

Abraço
Luís Faria

21:30  
Blogger João…zinho!! said...

Bem, ao ler o comentario do Luis, nao podia deixar de referir dois pontos:
a) Ha pessoal que esta na Cisco e nao escolheu viver em SF. Portanto, se tens uma deslocacao diaria de 160 Km, a opcao foi inteiramente tua. Tal como foi minha viver em SF e deslocar-me todos os dias para South City. Mas, claro esta, compreendo perfeitamente a tua opcao, ja que, mais motivo, menos motivo, as razoes terao sido as mesmas. :)
b) Espero que o teu "conhecimento de causa" do custo de vida em NY nao se resuma a duas semanas, pois, para se "fazer vida", em qualquer que seja o Pais, ha que contar com despesas que nao existem (ou tendem a ser bem mais reduzidas) num periodo de 2 semanas, nomeadamente: alugar casa (com respectivo deposito - no meu caso, (2600 + 3200 dls)/3), comprar mobilia, instalacoes de agua, luz, gas (no meu caso, pediam cerca de 150 dols, mas a senhoria la nos ajudou...), etc. Como tal, uma coisa nao esta de forma alguma relacionada com a outra.
Agora, num ponto concordo claramente contigo: para o bem ou para o mal, TEMOS de aproveitar esta experiencia. E espero que estejas a aproveita-la tao bem como eu. Ou melhor! ;)
Por falar nisso, quem alinha no Bay to Breakers?
Um abraco,

23:11  
Blogger Einherjar said...

Estou completamente estarrecido com um determinado comentario aqui postado.

1 - A serio? Nao tinha reparado.
3 - Eh pah... Claro que com essa guita fazes uma bela vida em duas semanas! E em PT ha ppl que vive com o ordenado minimo. E dps?
4 - O termo comparativo e inteiramente da tua responsabilidade, ja que ninguem o requereu. Deixa-me adivinhar o tal custo financeiro e partilhado com outras pessoas, certo?
5 - LOLOLOL E afinal o que aconteceu ao ponto 4? Ridiculo.

Quanto ao ponto 2... Gostos nao se dicutem. E a tua opiniao, nao passa disso mesmo. Uma opiniao.

Em suma... quem tem a pretensao de chamar os outros a terra, convem que tenha bom senso.

00:53  
Blogger Luís de Faria said...

Apenas um breve esclarecimento (final), face à aparente dificuldade que alguém terá sentido na interpretação do meu último post: o termo comparativo não foi utilizado numa óptica pessoal mas sim no sentido de demonstrar o facto de ser perfeitamente possível viver na Bay Area (mesmo índice de CustoVidaNYC) com os USD2500/mês.

Para terminar: comparar o rácio (2500USD)/(CustoVidaUSA) com o rácio (OrdenadoMínimoPT)/(CustoVidaPT), não só é "rídiculo" como revela uma profunda falta de humildade e bom senso.

Abraço
LFaria

01:56  
Blogger Einherjar said...

LOLOLOLOLOLOL

04:48  
Blogger Cris said...

As ironias da vida... Deus dá nozes a quem não tem dentes...

10:12  
Blogger Nelson said...

pois... deu as nozes e esqueceu-se de dar os dentes para comer... felizes aqueles que têm
"dentes" suficientes para poderem comer!!

16:56  
Blogger Tó Silva said...

Bem,

Na minha humilde opinião, não é preciso ser um génio para notar que as paridades de poder de compra no cálculo das bolsas não foram respeitadas. Ainda me lembro do Sr. Prof. Alberto Castro mencionar a título de comparação o montante das Bolsas de Doutoramento...Algo q como aqui foi referido não se pode usar como termo de comparação devido a benefícios tácitos. Dito isto, acho muito bem que se critique a "imbecilidade" de quem determinou os montantes das bolsas. A sociedade humana avança por rupturas e não pelo conformismo.
Mais, é por estar no contacto que sinto o direito de criticar e dizer o que está mal. Senão mais uma vez um programa que na sua génese é meritório será usado para fins de propaganda pseudo-política, seguindo uma agenda que só interessa a alguns.

Tenho dito,

09:30  
Blogger gancho said...

trigésimo comentário

13:23  
Blogger Nelson said...

lol!! este e' o trigesimo primeiro!! Isto ta aqui um 31 do catano...

14:34  
Blogger Rita S.P. said...

Cada 1 tem os seus limites e mtas vezes nem nós mesmos sabemos onde estão, por isso é uma estupidez andarmos a criticar-nos 1s aos outros.

Mas, Carolina, não foste só tu que passaste por dificuldades, acredita!! Claro que não tenho ratos em casa nem polícia à porta, mas tive de enfrentar 1 Inverno terrível e deprimente, com temperaturas de -25º, noite quase sp e sem 1 único amigo ou alguém mais próximo, pq ninguém saia de casa e não dava para conhecer ng!

Qnd mudei para a minha casa, que só tem 20 m2, estive 3 dias enfiada em casa a limpá-la, devido ao estado em que se encontrava. E aqui os contratos tb são de 1 ano, por isso vou perder 1 renda inteira por rescindir antes.

Não vivo como pobre, mas também não dá para fazer boa vida.

É verdade, eu estou em Helsínquia...

Bjs a tds e os que estão em países com sol: APROVEITEM!!! Que falta que faz o calor e o sol!!!

10:31  
Blogger gancho said...

A filmoteca de Madrid aumentou mais de 85% em Abril e a nossa bolsa continua na mesma...

o presidente tinha prometido metro toda a noite e afinal são só uns autocarros que fazem o mesmo percurso de 15 em 15 minutos...

e aturarmos a monarquia...

e todos os dias hay que tener muito cuidado para no introducir el pie entre coche y anden porque as estações são quase todas em curva!

e alguns de nós têm um chefe francês!

e a sónia só vai estar em frankfurt na próxima semana.

12:37  
Blogger Tó Silva said...

Mon ami Gancho,

Pelo que dizes deves viver na imbecilolândia....

Ah, Real, real, por El Rei de Portugal!

Abraço

13:52  
Blogger Vera Lia said...

Carolina tds nós tivemos problemas à chegada, mas não mandamos posts só a queixarmo-nos! Eu vivo numa das cidds mais perigosas do mundo (SP) em q nos primeiros dias vários C9 foram assaltados; qd cheguei fui para casa de um rapaz q n conhecia (qd foste para casa do português q falas conhecias há 2 dias), já encontrei baratas, etc. Achas q me queixo com tantas coisas boas q tenho? Tens mt sorte em tar em NYC sim por isso relaxa e curte!

17:44  
Blogger Miss Xangai said...

Carolina:

Provavelmente já chego tarde para te dar aquele abraço na altura certa.

Mas deixa-me admitir que te admiro.Porque sei que se passaste por uma experiência dessas numa das cidades mais fascinantes do mundo e resististe, só podes ser
uma mulher forte. E eu aplaudo de pé as pessoas fortes.

E não tenho vergonha nenhuma de dizer que te invejo imenso e que queria NYC.Queria e quero.Por isso, por favor, passa a tua experiência com a maior regularidade possível.Se mais ninguém te ler (o que duvido bastante) pelo menos eu estarei roidínha para aprender contigo.

Beijinhos,
Guida

19:52  

Enviar um comentário

<< Home